punyparker

Puny Parker

Não é de hoje que eu acompanho Vitor Cafaggi e sua excelente abordagem de um universo amado por milhares em seu blog intitulado Puny Parker. Como diz o próprio, “uma fanfic¹ sobre o garoto que se tornará o Spider-Man”! Em seu blog, que já faz parte dos links indicados do [estereo]tipo já faz tempo, Cafaggi aborda o dia-a-dia do pequeno Peter Parker (daí o título puny, que significa pequenino) com situações inusitadas que poderiam ter acontecido com o jovem em sua infância cercada por personagens que, mais tarde, se tornariam tão importantes na saga do herói.

Cafaggi, mineiro de belzonte, desenha como um cartunista daqueles que ganham prêmios por todo mundo, mas preserva sua simplicidade e humildade quando fala de seu próprio trabalho, coisa comum em seus comentários em respostas a centenas de seguidores. Assim como eu, vários outros fãs do aracnídeo também se tornaram fãs do blog.

Cafaggi brinca com a capa do disco dos Beattles

Lembro de quando acessei o site pela primeira vez, indicado por um amigo, e me deparei com as excelentes histórias. Na época, Vitor encerrava a primeira temporada do blog com um excelente desfecho. Li toda a saga num só dia! E vivi a ansiedade do início da nova temporada como quem acompanha LOST (por sinal, tô super ansioso com a estréia da 6ª temporada, hehehe)!

Brincando com tudo o que faz parte da cultura pop, principalmente de quem viveu a infância e a adolescencia nos anos 1980 e 1990, Cafaggi explora momentos que nos levam a lembrar de “De volta para o Futuro”, “Karate Kid”, os quadrinhos da época, e boas sacadas de cenas dos filmes e desenhos do escalador de paredes. As melhores, pra mim são:

O pequeno Parker pensa na vida

Mas a grande sacada mesmo das tirinhas de Cafaggi são seus significados. Além de ter sacadas inteligentíssimas que misturam a cultura dos anos 1980, contexto vivido pelo jovenzinho, às situações do universo Aranha, o cartunista ainda joga diversas vezes com os sentimentos do garoto em relação à vida, amor, família… E torna Parker um garotinho sonhador, afetuoso e meigo – uma visão nada típica de um herói.

Me surpreendi muito, é verdade, no dia em que o cara resolveu abrir um parentese na sua saga para falar de sua vida pessoal em público! Talvez um dos posts que mais me fez pensar até hoje num blog qualquer. No post do dia 4 de julho deste ano Cafaggi mostrou que sua veia sentimental não funciona só com seu persoangem, mas é reflexo de tudo o que ele próprio é: um cara bacana, oriundo dos excelentes anos 1980, à moda antiga (pô, rasguei seda pro cara aqui). Assim como eu (ah, tá explicado! hehehe…) (intitulado “Off”, esse é O post: http://punyparker.blogspot.com/2009/07/off.html).

Por seu excelente trabalho, Cafaggi teve diversos destaques em blogs dos mais diversos gêneros e foi sempre aplaudido (http://punyparker.blogspot.com/2009/05/puny-em-destaque.html). Talvez por isso demorei tanto a falar dele aqui (quem sou eu, afinal, para falar de Puny Parker?)… Mas não podia deixar de comentar sobre essa história que venho acompanhando de perto por esses longos meses, sempre me divertindo muito com tudo.

¹Fanfic é a abreviação do termo em inglês fan fiction, ou seja, “ficção criada por fãs”.

2 opiniões sobre “Puny Parker”

  1. Não tô acompanhando fielmente as publicações como vc, mas curti a lot esse blog ^^ Um dia, com calma e tempo, passo por lá e me atualizo!
    Ótima dica!
    Bjoks

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s